Saúde bucal e cuidados que devemos ter

Cuidar da saúde bucal é muito importante, porém algumas pessoas se esquecem e não dão a atenção necessária para essa área. O desleixo com a higiene bucal pode até ocasionar uma doença cardíaca. Preocupante, não é? Por isso dizem que os cuidados com a saúde devem começar pela boca. Seja pelos alimentos que comemos, seja pelo modo como tratamos dos dentes e gengivas. E esses cuidados são fundamentais para não termos dores, dentes frágeis e principalmente, maus hálito.

O que é a higiene bucal?

saúde bucal

A higiene bucal é sem dúvida a melhor maneira de prevenir cáries, gengivite, mau hálito e alguns outros problemas. A limpeza bucal é o que mantém a boa saúde dos dentes e de toda a boca. E ao contrário do que algumas pessoas pensam essa higiene não é só importante para ter uma boa aparência ou um sorriso bonito. Ter uma boa saúde bucal também é importante para a digestão e mastigação de alimentos, por exemplo. Além do mais, manter os dentes saudáveis é essencial no processo de fala.

Existem alguns sinais que ajudam a saber se sua saúde bucal está comprometida. Se você perceber algum desses indícios é importante que procure um odontologista para que ele passe o tratamento correto. Entre os principais sintomas, é importante destacar:

  • Sangramento na gengiva;
  • Feridas na boca;
  • Extrema sensibilidade nos dentes;
  • Recuo ou retração da gengiva;
  • Gosto ruim na boca;
  • Dor de dente.

Problemas da falta de higiene bucal

A falta de cuidados com a saúde bucal pode trazer inúmeros problemas. Por isso é tão importante se atentar para que isso não aconteça. Abaixo irei apresentar resumidamente as principais doenças relacionadas com a falta de higiene bucal.

  • Placa Bacteriana: é um conjunto de bactérias que se fixam na cavidade bucal, principalmente onde a limpeza bucal é mais difícil. Pode ser considerada a principal responsável pelo aparecimento de cáries e gengivites.
  • Tártaro: O tártaro nada mais é que a placa bacteriana endurecida. Pode se formar na superfície dos dentes ou na gengiva. Se não for tratado pode resultar em problemas ainda mais sérios como gengivite e cárie. Todavia, apenas o dentista pode diagnosticar e remover o tártaro.
  • Cárie: É o mais conhecido problema bucal e causa a desintegração do dente. Ela é provocada por conta de hábitos comuns do dia, como a má alimentação, higiene inadequada e também pela presença de placa bacteriana. Se não for tratada, pode resultar em destruição completa do dente e até matar os nervos dentários.
  • Gengivite: É uma inflamação na gengiva que pode ser tratada facilmente no estágio inicial. A principal causa é a placa bacteriana. Quando a placa não é retirada durante a escovação, as toxinas presentes irritam a mucosa da gengiva e causam a gengivite. Os principais sintomas são: vermelhidão, inchaço, sensibilidade e até sangramento na gengiva durante a escovação.
  • Mau hálito: Possui várias causas, como por exemplo, tabaco, excesso de álcool, gengivite, problema no fígado ou rins e falta de higiene bucal. Por isso é tão importante que você consulte um especialista caso tenha mau hálito. Só ele irá identificar qual a causa e tratamento para o seu causo.

Como ter uma boa saúde bucal?

Existem alguns hábitos essenciais para que você tenha uma boa saúde bucal. Alguns cuidados básicos de escovação e o uso do fio dental são fundamentais para acabar com dores e incômodos dentários. Confira abaixo algumas dicas para cuidar melhor da sua higiene bucal:

  • Não pense que o melhor modelo de escova de dente é aquele maior ou mais moderno. Não! A escova de dente ideal deve ser pequena e com cerdas macias e polidas. Assim não irão ferir a gengiva nem desgastar o esmalte dentário.
  • Escolha creme ou géis dentais que possuem flúor em sua composição. O flúor ajuda a proteger o esmalte dos dentes e impedindo assim a ação das bactérias.
  • Uma grande quantidade nem sempre é uma coisa boa. E esse é o caso do creme dental. O excesso de creme dental gera muita espuma, e isso faz com que o atrito das cerdas com as placas seja menor.
  • É muito importante que você troque a escova de dente a cada três meses. Isso porque com o passar do tempo as cerdas vão se desgastando. Assim sua eficácia acaba ficando comprometida.
  • Mesmo sendo um pouco obvio, não esqueça nunca de esfregar todas as faces do dente. Seja a face de dentro, de fora ou a face mastigável. Todas elas devem ser escovadas para manter uma boa saúde bucal.
  • Você deve consultar o dentista pelo menos uma vez por ano. É muito importante que você veja se sua saúde bucal está em ordem e, se necessário, faça o tratamento adequado.

Principais erros segundo a doutora Cíntia Junqueira

A doutora Cíntia Junqueira separou os 5 erros mais cometidos durante a higiene bucal. Confira o vídeo para que você não erre mais.

Você sabia?

Embora pouco conhecidas, existem diversas pesquisas que apontam a ligação de má higiene bucal com doenças cardíacas. As bactérias presentes na bolsa periodontal migram pela corrente sanguínea, e vão da boca ao coração. E é lá onde se proliferam e podem ocasionar doenças cardíacas, como arritmia ou endocardite bacteriana. O instituto do coração (Incor) realizou uma pesquisa em São Paulo e concluiu que 45% das doenças cardíacas se originaram na cavidade bucal. Isso acontece por causa de caries profundas que comprometem o canal, gengiva inflamada e abscessos.

FONTE: www.belezaesaude.com

Depois desse artigo, espero que você já esteja agendando sua consulta ao ortodontista! É muito importante manter uma boa higiene bucal. Se você gostou desse artigo não esqueça de deixar um comentário e compartilhar com seus amigos e família. Até a próxima.

 

Gostou? Compartilhe com seus amigos!
Tags: