Dieta Cetogênica: saiba o que é, como fazer, e veja por que ela emagrece

Dieta Cetogênica: o que é, como fazer, cardápio

A Dieta Cetogênica, também conhecida como Dieta Cetônica, apesar de polêmica e controversa, está sendo amplamente aderida por diversas pessoas e vêm mostrando ótimos resultados!

Portando, se você está pensando em começar a fazer, leia meu artigo até o final, pois vou explicar ponto a ponto tudo o que você precisa saber sobre a Dieta Cetogênica.

O que é a Dieta Cetogênica?

Originalmente criada para complementar o tratamento de epilepsia, o dieta cetogênica começou a ser bastante utilizada quando descobriram seu grande potencial emagrecedor.

A dieta consiste em, basicamente, ingerir baixas quantidades de carboidratos, e grandes quantidades de gordura. Isto mesmo, gordura! Desta forma, ela faz com que seu corpo entre no estado conhecido como “cetose“, em que ele começa a utilizar a gordura como principal forma de energia.

Ou seja, ao fazer a dieta seu corpo se torna uma verdadeira máquina de queimar gorduras! Mas atenção: não é qualquer gordura que você deve ingerir. O ideal e se alimentar com as “gorduras boas”, como o HDL.

Quais são os benefícios da Dieta Cetogênica?

Fazer com que você perca bastante gordura rapidamente não é o único benefício trazido pela dieta cetônica. Dentre eles, podemos citar, também, diversos outros. Veja a seguir os principais deles.

01. Auxilia na melhora de doenças cardíacas

Estudos indicam que baixa ingestão de carboidratos pode melhorar significativamente seu sistema cardiovascular. Além disso, maiores quantidades de HDL na alimentação também contribui para a saúde cardíaca, de acordo com cientistas. Portando, a Dieta Cetogênica mostra-se como grande aliada à saúde do seu coração.

02. Pode evitar o aparecimento de câncer e tumores

Outros estudos americanos apontam que a Dieta Citogênica pode contribuir para a prevenção de diversos tipos de tumores. Além disso, outros estudos mostraram uma melhora significativa de resposta ao tratamento de cânceres cerebrais.

03. Previne o Alzheimer

Assim como atua na prevenção de câncer no cérebro, a Dieta Cetogênica também pode atuar indiretamente na prevenção do Alzheimer, sugerem alguns cientistas.

04. Ajuda com os sintomas do ovário policístico

Indiretamente, a dieta cetogênica também pode contribuir para a saúde de quem sofre com ovário policístico. Isto se deve ao fato de que a dieta reduz os níveis de insulina, o que é o principal vilão de quem sofre da condição.

05. Melhora a acne

Também de maneira indireta, a Dieta Cetônica pode contribuir com a melhora da acne, indicam alguns estudos.

Como fazer a Dieta Cetogênica

Antes de falar sobre o tema, recomendamos que você sempre realize acompanhamento médico antes de faze qualquer dieta. Isto inclui a Dieta Cetônica.

Para fazer a dieta, não basta apenas parar de comer massas e começar a comer bastante gordura! Como já foi dito, não é qualquer gordura que você deve ingerir. Veja a seguir uma lista de alimentos que você deve ou não ingerir.

Cardápio Dieta Cetogênica

O que comer durante a dieta

Açúcares e adoçantesEritritol
Stevia
Sucralose
Xilitol
Leite e DerivadosManteiga
Creme de leite
Chantilly (sem açúcar)
Queijos e variaçõesAzul
Catupiry
Cheddar
Coalho
Cottage
Cream Cheese
Feta
Gorgonzola
Gouda
Muçarela
Parmesão
Prato
Provolone
Requeijão
Ricota
Rochefort
Suíço
OvosAvestruz
Codorna
Galinha
Pato
Cozido
Frito
Mexido
Omelete
Poché
CarnesBovina (todas)
Suína (todas)
de Aves (todas)
de Peixes (todas)
Farinhas e PósAmêndoas
Castanhas
Cacau em pó (sem açúcar)
Coco
Linhaça
FrutasAbacate
Azeitona
Coco
Limão
Tomate
Frutos do marCamarão
Caranguejo
Lagosta
Lula
Ostra
Polvo
Marisco
Mexilhões
OleaginosasChia
Linhaça
Óleos e gordurasAzeite de oliva
Banha animal
Manteiga
Maionese caseira
Óleo de coco
Óleo de peixe
Coco e derivadosCreme de coco
Farinha de coco
Leite de coco
Manteiga de coco
Óleo de coco
Polpa (castanha)
Verduras e saladas
(folhas e legumes)
Abobrinha
Acelga
Aipo
Alface
Alho
Berinjela
Brócolis
Cebola
Couve
Couve-flor
Chuchu
Escarola
Espinafre
Pepino
Quiabo
Repolho
Rúcula
…e muito, muito mais!
Temperos e molhosAçafrão da terra (cúrcuma)
Alecrim
Canela
Cebolinha
Coentro
Colorau
Manjericão
Pimenta do reino
Orégano
Sal
Outras manteigas e cremesSour cream (creme azedo)
Manteiga de amêndoas

O que não comer durante a dieta

Açúcares e adoçantesAçúcar refinado
Açúcar fit
Açúcar de coco
Açúcar cristal
Açúcar demerara
Açúcar mascavo
Maple Syrup
Mel
Leite e DerivadosLeite
Iogurtes em geral
Leite fermentado
CarnesSalsicha
Farinhas e PósAveia (em qualquer formato)
Achocolatados
Chocolate em pó
Fubá
Mandioca
Milho
Polvilho
Rosca
Tapioca
Trigo (integral ou não)
FrutasTodas as outras frutas como:Abacaxi
Banana
Maçã
Uvas
Laranja
Kiwi
Goiaba
Melancia
Óleos e gordurasMargarina
Óleo de canola
Óleo de girassol
Óleo de milho
Óleo de soja
Coco e derivadosAçúcar de coco
Água de coco
Verduras e saladas
(folhas e legumes)
Araruta
Batata
Batata doce
Beterraba
Cará
Inhame
Mandioca (aipim, macaxeira)
Mandioquinha
Yacon
Temperos e molhosMolhos prontos vendidos no mercado muitas vezes contém muitos carboidratos por porção, fique atento.
LeguminosasFeijão (todos os tipos)
Grão de bico
Lentilha
Soja
GrãosTodos os grãos, em qualquer forma, integrais ou não, como:Amaranto
Arroz
Aveia
Centeio
Cevada
Granola
Milho
Quinoa
Trigo

Por quanto tempo devo fazer a dieta?

A Dieta Cetogênica, pelo fato de mudar completamente a sua alimentação e sua fonte de energia, causa forte impacto no corpo e não deve ser mantida por muito tempo. O recomendável é que ela dure, em média, de 2 a 3 meses, sendo que, durante este tempo, o recomendável é que você siga a dieta por 2 semanas, e depois faça uma pausa de 1 semana voltando a adicionar carboidratos em seu cardápio.

Além disso, é extremamente recomendável que você comece devagar, retirando o carboidrato da alimentação aos poucos. E volto a dizer: realize acompanhamento médico ou nutricional antes de iniciar a dieta.

Efeitos Colaterais

A dieta também pode trazer alguns efeitos colaterais para algumas pessoas, dentro eles podemos citar:

  • Alterações no humor;
  • Mau hálito;
  • Alterações na pressão arterial;
  • Falta de concentração;
  • Falta de disposição no dia a dia.

Isso ocorre pois seu corpo está se acostumando à queimar muitas gorduras. Caso você experimente estes sintomas, faça a dieta com mais calma, reduzindo a ingestão de carboidratos aos poucos. Se os sintomas persistirem, considere interromper a dieta.

Gostou? Compartilhe com seus amigos!